Button doa R$ 60 mil a jovem piloto da F-4 que perdeu pernas em acidente

Billy Monger, de 17 anos, sofreu grave acidente em Donington Park, no domingo; família fez 'vaquinha' virtual

Relacionadas

A sexta etapa de 2017 do campeonato da F-4 britânica, neste domingo, no circuito de Donington Park, foi marcada por um grave acidente gravado, pela câmera a bordo do carro, no qual se envolveu o jovem piloto Billy Monger, de 17 anos. Ele teve as duas pernas amputadas após as lesões, bastante graves, e agora a família etá perto de atingir a meta de um financiamento virtual aberto para ajudar no tratamento.

Hoje, pelo Instagram, o campeão de F-1 Jenson Button disse estar comovido com a situação do jovem e anunciou que doou 18 mil libras (cerca de R$ 60 mil) para ajudá-los nos custos. Ele pediu a fãs de automobilismo que também participem da vaquinha virtual.

Logo no início da prova, no domingo, Monger resolveu seguir pela parte de fora do traçado do circuito, e em alta velocidade não conseguiu desviar do carro do finlandês Patrik Pasma, que estava parado. A batida violenta foi transmitida ao vivo pela câmera do carro de Monger. Pasma saiu do acidente com ferimentos leves.

Agora, neste link, a família pede 260 mil libras (cerca de R$ 1 milhão) para o tratamento. Muitas outras personalidades da F-1 e do mundo da velocidade, como o ex-piloto Damon Hill e o piloto da Sauber Marcus Ericsson, tuitaram em solidariedade ao jovem piloto.

Assista abaixo ao acidente impressionante:

Crazy crash #F4 #BillyMonger #JHR he was on a march at that point too. Hope both are ok pic.twitter.com/sHzj05cT60 — Marc MacDonald (@MarcMacDonald7)  16 de abril de 2017

 

MAIS SOBRE:

velocidade Jenson Button Damon Hill Velocidade
Comentários