FBI encontra com jornalista camisa roubada de Tom Brady no Super Bowl

Outro uniforme da lenda da NFL, que ninguém sabia que tinha sido levado, também foi encontrado no México

Relacionadas

O FBI informou que foi achada no México, em posse de um jornalista que estava credenciado para a cobertura da final do Super Bowl, na 51ª edição, a camisa usada na ocasião pelo astro do New England Patriots, Tom Brady, que tinha sido roubada.

A NFL e o órgão de inteligência norte-americano também disseram que com o mesmo jornalista foi achado outra camisa do jogador, usada por Brady na 49ª final do Super Bowl, em 2015, ocasião em que os Patriots venceram o Seatlle Seahawks.

Os dois uniformes, agora, estão em vias de voltar para os Estados Unidos, e o jornalista suspeito do roubo não teve o nome divulgado. Segundo informações do portal ESPN, apenas a camisa usada na final deste ano - que ocorreu no dia 5 de fevereiro, ocasião em que o Patriot venceu o Atlanta Falcons por 34 a 28, depois de uma virada histórica - está avaliada em US$ 1,5 milhão.

O roubo da camisa aconteceu na festa de celebração do título, e virou assunto de polícia nos Estados Unidos, até mesmo com a inclusão do FBI nas buscas.

MAIS SOBRE:

futebol americano Tom Brady
Comentários