Relógios de R$ 2 mi que seriam dados a premiados pela Fifa foram furtados

Entidade denunciou o desaparecimento à polícia suíça

Relacionadas

A cerimônia do "The Best", que premiou os melhores jogadores e técnicos do mundo na última segunda-feira, 9, em Zurique, na Suíça, começou desfalcada. Não pela ausência de algum homenageado, mas pelo roubo de seis relógios de luxo Hublot que, juntos, são avaliados em quase R$ 2 milhões. 

A denúncia foi feita ontem pela Fifa à polícia suíça, que está checando as câmeras de segurança. Os relógios foram furtados do estúdio de televisão onde ocorria o evento.

Cada relógio custa 93 mil euros (cerca de R$ 313 mil) e seria entregue como premiação a alguns dos vencedores. Por causa do roubo, a Fifa presenteou os homenageados com modelos diferentes, mas ressaltou que ainda enviará os Hublot originais. 

As informações são do UOL e do Globo Esporte

MAIS SOBRE:

Futebol Fifa
Comentários