Jogo de futebol infantil termina com batalha campal entre pais na Espanha

Um dos clube lamentou o incidente e disse que é preciso lutar contra a violência nos esportes

Relacionadas

A partida entre os times infantis de Alaró e Collerense, com crianças de 12 e 13 anos, terminou em uma briga generalizada depois que um dos pais entrou em campo para cobrar satisfação, após entrada mais forte. E o que era apenas um bate-boca virou uma batalha campal envolvendo várias famílias. 

Durante a briga, é possível ouvir alguns pessoas pedindo para os envolvidos se acalmarem: “Que vergonha! Por favor, senhores! Tem crianças vendo", diz uma mulher que observava a lamentável cena.  

O árbitro suspendeu a partida e apesar da brutalidade das imagens, nenhum dos torcedores teve ferimentos graves. Horas mais tarde, alguns dos adultos agredidos apresentaram queixas na Guarda Civil. 

Em sua conta no Facebook, a equipe Unio Esportiva Alaró lamentou o ocorrido: "Incidentes como esse devem servir para dar viabilidade a necessidade de combater um problema que faz parte da nossa sociedade: a violência nos esportes". 

MAIS SOBRE:

futebol Espanha
Comentários