Jogador do Atlético Mineiro de Moçambique morre em ataque de crocodilo

Estêvão Alberto Gino jogava em clube que disputa a segunda divisão do país

Relacionadas

Um jogador de futebol de 19 anos morreu na cidade de Tete, oeste de Moçambique, após ser atacado por um crocodilo enquanto treinava perto do rio Zambeze, informou o clube nesta segunda-feira à agência AFP. Estêvão Alberto Gino jogava no Atlético Mineiro, clube que disputa a segunda divisão do país.

"Naquela noite fazia exercícios. Depois de correr, estava com as mãos na água quando o crocodilo o atacou", explicou à AFP seu treinador, Eduardo Carvalho.

Os ataques de crocodilos são frequentes no rio Zambeze: "Os cidadãos não têm água corrente, e por isso têm o costume de ir ao rio", explicou o técnico.

O Atlético Mineiro de Tete foi batizado com o mesmo nome do time brasileiro em 2014, após a boa campanha do Galo na Libertadores, quando o clube tinha em seu elenco Ronaldinho Gaúcho. 

 

MAIS SOBRE:

futebol Moçambique África
Comentários