Ex-técnico da NBA: 'Atletas da liga se dopam. Como envelhecem mais magros?'

George Karl, que treinou Denver Nuggets e Sacramento Kings, publicará livro com declarações bombásticas

Um dos mais experientes técnicos de basquete da NBA está atualmente desempregado e, talvez, pode permanecer assim por muito tempo. Isso porque George Karl, que tem mais de 30 anos de carreira, publicou trechos de um livro que irá lançar com declarações polêmicas como, por exemplo, a de que os jogadores da liga norte-americana têm sérios problemas com doping. Em 'Furious George' (George furioso, em inglês), o ex-treinador não teve medo algum de criticar nominalmente jogadores que comandou, e de colocar a liga como um todo em dúvida em termos de credibilidade.

"É claro que alguns de nossos jogadores estão se dopando. Como alguns atletas estão envelhecendo e ficando mais magros e atléticos? Como se recuperam tão rápido de lesões? Por que diabos viajam para a Alemanha nas férias? Duvido que seja pelos chucrutes", acusou. "É mais provável que estejam indo procurar substâncias dopantes mais novas e mais difíceis de detectar. Me incomoda que os testes estejam sempre atrás dos dopings. Lance Armstrong nunca testou positivo", argumentou.

Karl ainda criticou nomes icônicos da NBA, como Carmelo Anthony, Kenyon Martin e J. R. Smith, que comandou no Denver Nuggets, afirmando tratarem-se de 'garotos mimados'. O livro será lançado nos Estados Unidos no dia 10 de janeiro.

MAIS SOBRE:

Basquete NBA Denver Nuggets
Comentários